10 de nov de 2009

Após 30 anos, fã-clube de Raul Seixas é desativado Reportagem Revista ÉPOCA

Após 30 anos, fã-clube de Raul Seixas é desativado

POR LUCIANO MARSIGLIA
Arquivo Pessoal
Fã de Raul pretende criar um memorial do artista

“Minha vida mudou radicalmente. Foram 30 anos sem férias”, diz Sylvio Passos. Pode-se dizer que ele foi um funcionário exemplar, mas não de qualquer empresa. Há três décadas, Passos criou o Raul Rock Club, mais relevante fã-clube dedicado a Raul Seixas. Hoje, o site está desativado. “A iniciativa de tirar o site do ar partiu de mim mesmo”, explica o fã de 46 anos, que diz ter tomado a decisão após receber um e-mail do advogado que representa uma das ex-mulheres do músico. Na mensagem, era solicitado um relatório sobre quanto Passos ganhava com o trabalho. Após negar passar tal informação (“Disse que só daria satisfação se o pedido partisse das três filhas do Raul, as verdadeiras herdeiras”, conta), veio a resposta: nenhum projeto envolvendo seu nome e de Raul Seixas seria aprovado.

Recentemente, uma divergência entre Kika Seixas e o biógrafo Edmundo Leite foi noticiada pela imprensa (veja em Saiba Mais). Receosa com o teor do livro do jornalista, Kika ameaçou vetar a obra antes mesmo de publicada. Sobre essa pendenga, Sylvio Passos diz haver um mal-entendido e acredita num acordo em as partes. Mas a ex-mulher desta vez é Glória Vaquer, que vive nos Estados Unidos e representa Scarlet Seixas, uma das filhas do artista. Em setembro, representada por um advogado, enviou os e-mails para Passos, que decidiu “paralisar tudo como protesto” - entre outras coisas, dois discos que seriam lançados pela gravadora Eldorado: um ao vivo, em registro inédito de um show, e outro com “gravações caseiras”, também inéditas. “Raul deixou toneladas de fitas comigo.” Sylvio Passos conheceu o ídolo no final de 1981, quando Raul rompeu com a CBS, deixou o Rio e veio morar em São Paulo. Ficaram amigos e a convivência prosseguiu até a morte do artista. Criaram juntos a carteirinha do Raul Rock Club – Raulzito era um dos sócios do próprio fã-clube.

SAIBA MAIS

Apesar de tirar o site do ar e interromper a produção dos discos, Passos diz que vai continuar trabalhando pelo ídolo. Uma de suas idéias é criar um memorial do artista em São Paulo. “Isso ninguém pode me impedir”, fala. Mas quer algo público, porque todo o material que possui é doado (por Raul, familiares e amigos). “Não sou dono de nada, sou o mantenedor”, se define. Outra possibilidade é uma biografia fotográfica, com imagens ainda inéditas capturadas com sua câmera (veja algumas fotos na galeria abaixo). Como consultor e “faz tudo”, Passos se envolveu no documentário biográfico que a AF Cinema está finalizando sobre o “maluco beleza”, previsto para abril de 2010 – depois de alguns anos, a mesma produtora pretende fazer um filme ficcional, nos moldes de longa sobre Cazuza. O que ele garante é não ficar parado. “Não sou poste, sou Passos”, brinca.

Veja galeria de imagens:



Ééééé.... os fatos são estes ...quem perde...com isso....
Todos ...Apoio o Sylvio...porque é muito facil sentar na ponta da mesa..o duro é pagar as contas...Sylvio passou 30 anos a lado de Raul 10 vivos e 20 mortos..agora o titulo de ex..quer pesar mais do que ..os 4o anos afastados de Raul..e claro o tal advogado do diabo...pois joga contra o pr[opio Raaul..deveri ser contratado um advogado mais competente e menosmesquinho...valeu Sylvio ..Tamo ae..

Um comentário:

Anônimo disse...

$ylvio Pa$$o$ so pensa em dinheiro... uma pena o Raul ter confiado nesse sujeito como amigo, quando ainda em vida, pois depois que o Raul morreu, Sylvio pa$$os foi apenas decepcao... So pensa em dinheiro, dinheiro e dinheiro.... So faz coisa em nome do Raul, quando for ter retorno financeiro. Diga-se de passagem, que o Raul deixou toneladas de musicas com ele, e esse babaca do Sylvio ate hoje nao publicou nada, so esperando o momento certo (quando estiver quebrado!)


espero que este e a kika seixas paguem pelo que vem fazendo com o nosso Rei Raulzito!!!