1 de jul de 2008

Controversias Round 01-Jay Versos Kika- O fato é que não existe um DVD oficial de Raul Seixas e outros materiais e lançamentos por motivos pessoais!

Todo mundo é dono da razão, mas o tempo demonstra que perderam a razão!


O fato é que não existe um DVD oficial de Raul Seixas por motivos pessoais !!

E muitos outros lançamentos são bloqueados por forças ocultas!!!


Sem querer tirar os méritos de ninguém, nem passar por cima do direito de nenhum deles...porem todos ja pisaram na bola...Paulo Coelho,Kika, Fã Clubes e todos os que possuem se sentirem unicos donos de uma obra que é universal!!!! Quem leva o prejuizo por essas briguinhas...Nós...que não conseguimos apos quase 20 anos um dvd oficial de Raul Seixas!!!!Quantas moedas de prata mais vocês precisam?


Controversias Round 01:

Eis aqui a verdadeira e mais recente controversia na imprensa envolvendo o musico Jay Vaquer, que foi de Raul Seixas seu guitarista, seu diretor musical, seu produtor musical por periodo superior a 8 anos, seu amigo pessoal por mais de 20 anos, seu parceiro em varias musicas e tambem seu ex-cunhado .


Na verdade Jay Vaquer tem mais historia de sucesso musical com Raul Seixas do que a senhora Angela Costa (Kika) que de Raul Seixas teve uma filha que se chama Vivian Seixas a qual tem direito a um terco do espolio de Raul Seixas.

A senhora Angela Costa (Kika) nunca foi oficialmente casada com Raul Seixas. Raul Seixas oficialmente so casou duas vezes. Sua primeira mulher Edith Wisner teve uma filha, Simone Seixas a qual tem direito a um terco do espolio e, sua segunda mulher Gloria Vaquer com quem teve uma filha Scarlet Seixas a qual tem direito a um terco do espolio. Esta ultima e irma de seu guitarista Jay Vaquer.


Suas ex-esposas apos se separarem de Raul Seixas retornaram para os EUA, onde moram atualmente em companhia de suas filhas. Em 1998 um artigo escrito no segundo caderno do jornal O Globo comentava o assunto.

A controversia do porque a senhora Angela Costa (Kika) buscava se promover com ameacas judiciais no lancamento do CD de Jay Vaquer com Raul Seixas no Brasil, alegando que " o material de Vaquer foi recusado por empresas de discos brasileiras por falta de qualidade" quando na verdade os discos de Jay Vaquer com Raul Seixas sao produzidos nos EUA com a melhor tecnologia.

O senhor Rick Bonadio presidente da Virgin-EMI Records of Brazil e um dos maiores produtores de discos no Brasil. O senhor Rick Bonadio mandou para Jay Vaquer um email onde prova exatamente o inverso do que diz e alega a senhora Angela Costa (Kika), que procura atingir nao o musico Jay Vaquer, mas na verdade o grande publico de Raul Seixas como provam as mais recentes pesquisas, publico que se sente altamente prejudicado e privado de ouvir musicas ineditas da dupla Jay Vaquer e Raul Seixas ate entao completamente desconhecidas do grande publico brasileiro.

A segunda controversia atualmente, e com relacao ao muito comentado livro intitulado " O Triangulo do Diabo " escrito pelo guitarista Jay Vaquer e elogiado pelo editor Martin Claret que ja publicou tres livros sobre Raul Seixas. Nesse mesmo artigo Angela Costa (Kika) alega que o livro nao foi lancado no Brasil porque Martin Claret Editores Ltda., nao teria gostado do livro, o que nao e verdade. Mais uma vez a senhora Angela Costa (Kika) interfere inexplicavelmente no grande publico de Raul Seixas.

Leiam aqui o fax que o editor Martin Claret enviou o para o guitarista Jay Vaquer. Como podem constatar a correspondencia do editor Martin Claret e por si so bastante elucidativa. Finalizando, podemos constatar na carta enviada por Angela Costa (Kika) ao editor Martin Claret ameacando-o de processo na justica se vier a publicar o livro do guitarista Jay Vaquer. Mais uma vez a ameaca da senhora Angela Costa (Kika) busca estranhamente prejudicar o grande publico de Raul Seixas com atitudes absurdas e infundadas.

Como podem notar, a grande preocupacao da senhora Angela Costa (Kika) e obscura e prejudicial comercialmente para os legitimos herdeiros de Raul Seixas que sao suas unicas tres filhas.

Origem do documento:

http://www.jayvaquer.com/pressportuguese.html


O fato é que poderiam realmente disponibilizar muito mais materiais sobre a vida e obra de Raul Seixas..e ficamos aqui como mendingos vasculhando restos de arquivos..até quando...Ae dona Kika libera ae..pro Jay ele tem mais que direitos...abraço!



O Triangulo do Diabo - Opus 666 - Raul Seixas & Jay Vaquer - 1975

O Triangulo do Diabo foi o filme que Raulzito roteirizou mas que não chegou a realizar . Uma das paixões de Raul Seixas era o cinema . Em 1975 , ele a mulher Gloria e o irmão dela , Jay Vaquer (guitarrista do Maluco Beleza) saíram em viagem pelos Estados Unidos para escolher locações de um filme que nunca chegou a ser rodado. Imagine um road movie como Easy Rider , com Raul no lugar de Peter Fonda , na sua moto indie . Na garupa em vez de Jack Nicholson , Gloria Vaquer , esposa do Maluco Beleza . O visual é kitsch e entremeado por paisagens de estradas americanas e faz pano de fundo para diálogos desconexos . O filme tem um clima misterioso , abordando entre outras coisas , histórias do Triângulo das Bermudas e seus navios desaparecidos . Esse seria o filme do roqueiro brasileiro , que pretendia envenenar a América com seu som . Da clássica abertura do Gêneses bíblico "o verbo se fez carne" , passando por curiosidades como John Cage e Raul cantando "Para Noia" em inglês , o roteiro se compõe de um enredo místico-filosófico . Narra o encontro de Raul e Gloria com um personagem estranho chamado Homem Novo , espécie de guru que lhes ensina filosofia . O Homem Novo indica o caminha e dá um mapa para Raul que pode levá-los ao Triângulo do Diabo . Esse trecho inicial havia sido escrito por Raul até a cena de 33, quando foi interrompido . Hoje é possível entender o roteiro que se completa com manuscritos que estavam de posse da mãe de Raul , dona Maria Eugênia Seixas . Na continuação do enredo , Raul e Gloria embarcaram num navio para atravessar o Triângulo das Bermudas , chegando à área onde desaparecem embarcações e aviões que por ali circulam . Essa região já foi tido como ponto de magnetismo muito forte que desnorteava os pilotos , como área de aterrissagem de discos voadores e até como lugar maldito . Quando ali chegam , os protagonistas acabam se desintegrando aos poucos . "Eu sou um ator" , costumava dizer Raul , que já tinha escancarado sua vocação dramática em trecho da música "Metamorfose Ambulante" . Os sonhos de estrelato de Raulzito foram se confirmar de fato : "Quero o Oscar!!" proclamaria ele mais tarde numa carta a gravadora Phillips , reproduzida no livro Baú do Raul , de 1992 . Na mesma carta , datada de 1977 , escreveu ainda : "Tô saindo para o Triângulo do Diabo para fazer meu próprio filme . Escrevi todo o diálogo e nesse filme meu trabalho de todos os LPs lançados e não lançados está condensado em uma fita de duas horas de projeção" , atestando sua intenção de se atirar à amalucada tarefa . Essa história do roteiro começou em 1975 , quando esteve pela segunda vez nas terras do tio Sam - a primeira foi como exilado , no ano anterior . Estava em seu segundo casamento , com a americana Gloria Vaquer , a "chapadinha" Spacey Glow . Foi para encontrar-se com seu antigo guitarrista e parceiro Gay Anthony Vaquer - hoje Jay por motivos óbvios - , o irmão de Glow , que concluía então um curso de pós graduação em cinegrafia . Jay escreveu o roteiro técnico , enquanto Raul criou as falas propriamente ditas . "Ele queria expressar sua ideologia filosófica e metafísica na fita . As mensagens de Raul estão escondidas nas metáforas , e as cenas surgem aparentemente desconexas por todo o script" , diz Jay . Esse roteiro tornou-se verdadeiro mito para os fãs , mas infelizmente só ficou no papel . O que existe de registro de imagens dessa ciagem são as filmagens em 35 e 16 mm , mais o material fotográfico que Jay fez durante o processo de visualização para as futuras tomadas . Dessas imagens , algumas já foram explorados , como a foto de capa do LP Raul Rock Seixas (1977) , onde Raul aparece devidamente paramentado de rocker , com jaqueta de couro , chapéu de marinheiro e coturno , largado numa escada segurando o copo de scotch em uma das mãos e na outra a guitarra . Existem também alguns videoclipes feitos para avancar as vendas do disco Novo Aeon (1975) . Deles por exemplo , há no clipe da música "A Maça" Gloria dançando dentro de um pentagrama satânico , que também são cenas da viagem . É possível conferir também trechos daquelas filmagens no clipe de "Morning Train" , produzido em 1998 por ocasião do lançamento do disco Documento Raul Seixas , pela MZA . O roteiro , os manuscritos e fotos inéditas da viagem de Raul e Gloria pelos Estados Unidos estão reunidos em um livro escrito por Jay Vaquer . Como a conclusão do roteiro escrito só veio à tona quando a mão de Raul enviou os originais do texto para Jay , um ano após a morte do filho , o material ainda não existe no Brasil e não tem perspectivas de ser editado por aqui .
Pode ser encontrado apenas no site do Jay Vaquer , na Internet : http://www.jayvaquer.com.
Lá se pode comprar o livro que está em português e chama-se O Triangulo do Diabo Opus 666 e também o novo disco do guitarrista , Relembrando Raulzito , em que , claro , interpreta algumas musicas do Maluco Beleza e também temas inéditos .
E isto ...toca ae Jay!!!!Abraço Beleza!!!!