4 de nov de 2007

LOBÃO

Longa Trilha do Lobo

Tendo aprendido violão e bateria na adolescência, aos 17 anos sai da casa dos pais no Rio de Janeiro para se tornar músico profissional, participando de uma peça e em seguida integrando em São Paulo a banda Vímana, ao lado de Lulu Santos, Ritchie, Luis Paulo e Fernando Gama.

A Vímana durou três anos e lançou um compacto.Depois do fim da banda, Lobão continuou atuando como baterista profissional, tocando com Luís Melodia, Walter Franco e Marina. Em 1980 participa da primeira formação da Blitz, saindo do grupo antes do estouro. Dois anos mais tarde grava o primeiro álbum solo, "Cena de Cinema", que começou como uma precária fita cassete que chegou à Rádio Fluminense.

Fez tanto sucesso que a RCA Victor comprou o disco e o lançou comercialmente.Mais tarde forma a banda Lobão e os Ronaldos, que se apresenta em Nova York e lança em 1984 "Ronaldo Foi pra Guerra", com o sucesso "Me Chama".

A banda acabou em seguida e Lobão sumiu por uma época. Volta à cena em 86 com "O Rock Errou", um disco já crítico a respeito da falta de originalidade do rock, e convida Elza Soares para gravar uma faixa. Saem daí sucessos como "Revanche". No ano seguinte, Lobão é preso por porte de drogas e passa um ano na cadeia, onde elabora o disco "Vida Bandida", que faz enorme sucesso.

Quando sai da cadeia passa a freqüentar a Mangueira e se interessar mais por samba e carnaval, e em 1988 seu disco "Cuidado!", misturando samba e rock, não é bem recebido. Nos anos 90 grava outros discos e participa de festivais como o Hollywood Rock, onde foi uma das maiores atrações, e o Rock In Rio II, onde levou uma vaia histórica.

Alguns discos e um acidente de moto depois, passa quatro anos sem compor, apenas estudando violão clássico, remontando à adolescência. Em 95 volta a compor e lança "Nostalgia da Modernidade". Em 1999, em mais uma atitude polêmica, Lobão brigou com as gravadoras e lançou o CD "A Vida É Doce" com uma estratégia inédita, utilizando bancas de jornais, sites da internet e megastores como pontos de venda, numerando os CDs e desvinculando o lançamento das grandes gravadoras.

Entre seus maiores sucessos estão "Vida Bandida", "Vida, Louca Vida", "Chorando no Campo", "Cuidado", "Rádio Blá", "Mal Nenhum" e "Canos Silenciosos".Em 2001, Lobão lança com sucesso o cd “Lobão 2001 – Uma Odisséia no Universo Paralelo”, juntamente com o especial do show exibido pelo canal Multishow, tornando assim a marca Universo Paralelo conhecida e reconhecida no mercado fonográfico como um dos bastiões do sucesso independente no Brasil. Volta a se destacar com agitador cultural lançando, em 2003, a revista “OUTRACOISA”, em parceria com a L&C Editora.

A revista traz participações de grande artistas e pensadores de nossa cultura contemporânea e lança um artista independente a cada número.Seu último CD, “Canções dentro da noite escura”, lançado em 2005, também foi vendido encartado na revista OUTRACOISA.


Lobão - Vida Bandida [1987]

download Lobão - vida bandida[1987]

Lobão - Sob o Sol de Parador [1989]

download Lobão - canções dentro da noite escura [2005]

download Lobão - acústico MTV [2007]

Origem dos documentos:http://sombarato.blogspot.com/search/label/Lobão



Ainda me lembro de um show que ele fez em praça publica em minha cidade no começo dos anos noventa...Tava um cu caracteristico à época ...parecia ate artista da globo ...kkkkk...porém não há dúvidas que Lobão é um dos mais inquietos musicos desse cenário e naum se acomoda com a situação não..agora ele esta com o Partido "PEIDEI" com o eslogam "Mas Não Fui Eu"...óbvia analogia aos nossos representantes principalmente presidentes de altos cargos..como noticiado nos noticiarios sérios ..Roubei Mas não fui eu ...Este é Lobão.....Abraço!

Nenhum comentário: